Destaques

07/10/2018 13:01

SEM ÁLCOOL: Lei Seca acontece em apenas três cidades de Rondônia

Tanto no primeiro turno como em um eventual segundo turno das eleições, a Lei Seca Eleitoral, aquela que proíbe a venda, distribuição e consumo de bebidas alcoólicas no dia da eleição, não é obrigatória. Cabe a juízes e às Secretarias de Segurança Pública de cada unidade da Federação decidir se aplica a proibição.

Na maioria dos estados em que há restrição, o objetivo é manter a ordem pública e evitar confusões nos locais de votação.

Confira os estados onde será aplicada a Lei Seca:

 

Acre

 

Será proibida a venda de bebidas alcóolicas em 21 cidades, o período da restrição varia de acordo com a sessão eleitoral. Por exemplo: em Rio Branco, Bujari e Porto Acre, entra em vigor às 18h do sábado até 23h59 do domingo. Já em Xapuri e Capixaba vai de 0h às 18h do domingo (7).

 

Alagoas

 

A comercialização de bebidas alcoólicas será proibida em todo o estado. A restrição começa às 2h e vai até as 18h de domingo.

 

Amapá

 

A lei seca entra em vigor a meia-noite e vai até as 18h de domingo. Não só a venda, mas também o consumo de bebidas alcóolicas está proibido em locais públicos.

 

Amazonas

 

A restrição vale de meia-noite até as 17h de domingo para consumo em locais públicos.

 

Bahia

 

A lei será aplicada apenas nos municípios de Crisópolis, Itapicuru e Olindina.

 

Ceará

 

A venda e o consumo de bebidas alcoólicas serão proibidos na capital Fortaleza e em mais 33 cidades. A regra vale de meia-noite às 19h de domingo.

 

Maranhão

 

Proibida a venda e o consumo em locais públicos. A proibição entra em vigor a partir das 18h de sábado (6) até as 23h59 do domingo (7).

 

Mato Grosso do Sul

 

Proibido o consumo de álcool em bares, lanchonetes, trailers, quiosques e conveniências e em locais abertos ao público e similares, das 3h às 17h de domingo. Porém, restaurantes que funcionarem durante o almoço, das 11h30 às 14h30 poderão vender os produtos.

 

Minas Gerais

 

Será proibida a venda, distribuição e fornecimento de bebida alcoólicas entre 6h e 18h de domingo. A norma também valerá para o dia 28 de outubro, caso haja segundo turno.

 

Piauí

 

A comercialização e distribuição de bebida alcoólica serão proibidas a partir da meia-noite até as 17h do domingo.

 

Rio Grande do Norte

 

A comercialização de bebidas alcoólicas será proibida em todo o estado. A regra vale das 6h às 18h de domingo.

 

Rondônia

 

A venda de bebidas alcoólicas será proibida nas cidades de Ariquemes, Alto Paraíso e Monte Negro.

 

Roraima

 

A comercialização e distribuição de bebida alcoólica serão proibidas a partir da meia-noite até as 18 horas do domingo.

 

Tocantins

 

Será proibida a venda de bebidas alcoólicas em 52 cidades, o período da restrição varia de acordo com sessão eleitoral. Em Araguaína, por exemplo, o período tem início às 23h de sábado e vai até as 19 de domingo. Já em Chapada de Areia, Cristalândia, Fátima, Oliveira de Fátima, Nova Rosalândia, Lagoa da Confusão e Pium, a proibição começou a valer as 8h de sábado e vai até as 20h de domingo.

 

Em outros estados

 

Os governos e os tribunais regionais eleitorais dos estados de Goiás, Espírito Santo e Sergipe não divulgaram informações sobre o tema em seus portais até as 17h desta sexta-feira, 5.

 

No Pará, inicialmente estava prevista a aplicação da iniciativa. Mas ontem (5) o juiz Raimundo Santana, da 5ª Vara da Fazenda Pública de Belém, concedeu liminar favorável ao Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares do Pará derrubando a aplicação da lei no estado durante os dias de votação das eleições de 2018. A Procuradoria-Geral do Estado disse que vai recorrer.

 

Nos demais estados, não será aplicada a proibição da venda e consumo de bebidas alcoólicas no dia da votação.


650eb50d 5f1a 499e b498 2c256e8548cdMotelgifPatrao Lanches Gifbanner Centeeeerr NovapizzaChaveiroToplanches Proserv
LavajatoAb1a0c9d d96a 40c5 a04e 287e9f0c324f

WWW.RONDONIATUAL.COM: Este site acompanha diversos editoriais. Todos as notícias veículadas aqui são tratatas como simples suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Não nos responsabilizamos por quaisquer comentários de nosso internautas.

Retirar notícia: Entre em contato, enviando-nos o link da matéria.

CONTATO: contato@rondoniatual.com

versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo